Seja Bem-Vindo a Inova Implantes

Atendimento : Seg. a Sex. - 8h às 20h, Sáb. - 8h às 12h
  Contato : (64) 3455-2744 | Plantão 24h (64) 9272-6169

Inova Implantes

Tudo O Que Precisa Saber Sobre Tratamento Oncológico E A Saúde Bucal

Pacientes que estão fazendo tratamento contra o câncer seja qual for, precisa de um acompanhamento odontológico para minimizar possíveis danos e desconfortos bucais.

Os tratamento usados contra o câncer não são seletivos, ou seja, a radiação e os medicamentos quimioterápicos não reconhecem diferença entre células malignas e células normais. Por isso ocorre uma série de efeitos colaterais, inclusive na boca, que podem ser muito fortes ou leves, dependendo de cada caso.

 Os efeitos mais comuns são:

Mucosite (aftas grandes espalhadas por toda a boca e extremamente dolorosas)

Sensação de boca seca

Perda do paladar

Dificuldade de engolir os alimentos

Gengivite

Aumento do risco de cárie

Dores na articulação que movimenta a boca (atm)

Mau-hálito

A intensidade com que esses efeitos ocorrem varia de pessoa para pessoa. Mas imagine alguém que já está fragilizado pelo tratamento ainda ter que sofrer com esses problemas bucais! Eles diminuem muito a qualidade de vida, porque fazem a pessoa perder o prazer ao comer, ou até mesmo encontrar grande dificuldade ao comer e movimentar a boca.

Consulta pré-tratamento

Ao iniciar um tratamento contra o câncer é necessário, primeiramente descobrir se há alguma doença Periodontal (doença da gengiva e de todos os tecidos que dão suporte ao dente), dentes que precisam ser removidos ou cáries muito profundas.

Este procedimento é extremamente importante, pois pacientes que fazem quimioterapia ficam com o sistema imunológico mais debilitado. Se houver uma doença periodontal crônica e o paciente não sabia, isso pode agravar a situação.

Durante o tratamento oncológico alguns medicamentos podem afetar a mucosa bucal causando inflamações e feridas semelhantes a aftas, que são chamadas de mucosites.

A mucosa é uma proteção da boca, uma barreira protetora, e quando temos a quebra desta barreira há um a maior probabilidade de infecções. Por isso nesta fase quando há uma queda na imunidade, se torna maior a probabilidade de acontecer uma mucosite. Muitas vezes esta situação pode debilitar ainda mais o paciente a ponto de não conseguir comer.

Nos casos de mucosite, o uso de pomadas específicas e a aplicação de laser pode ajudar muito a diminuir a dor, pelo efeito anti-inflamatório.

Boca seca durante o tratamento

Muitas vezes, o paciente em tratamento oncológico precisa tomar remédios para dor  e  até antidepressivos. Alguns ainda tomam outros medicamentos porque possuem outras doenças associadas, como pressão alta, diabetes e doença renal. Por conta disso, é extremamente comum surgir um quadro de boca seca (xerostomia).

Para a sensação de boca seca,  perda do paladar, dificuldade de engolir e mau-hálito (que muitas vezes estão relacionados), as orientações do dentista sobre alimentação e hidratação da cavidade oral irá ajudar muito a contornar esses problemas.

Efeitos da Radioterapia e Quimioterapia

Os danos causados pela quimioterapia são geralmente mais fortes quanto maior for a idade do paciente. Aproximadamente de sete a quinze dias após a sessão de quimioterapia, o paciente entra em um estágio no qual a imunidade fica baixa e seu sistema de defesa fica frágil. Nesse período, feridas  causadas pela quimioterapia ou qualquer outro foco de infecção de origem dental ou dos tecidos que envolvam o dente (osso e gengiva) pode apresentar um grande risco à saúde geral do paciente.

Recomendações a serem seguidas durante o tratamento do câncer:

  • Escovar os dentes com pasta contendo flúor.
  • Passar fio dental suavemente.
  • Fazer gargarejos com bicarbonato de sódio.
  • Remover a dentadura e fazer sua limpeza adequadamente.
  • Escolher alimentos que exijam pouca ou nenhuma mastigação.
  • Evitar alimentos ácidos, picantes, salgados e secos.

A boa notícia é que os efeitos colaterais podem ser amenizados com o tratamento odontológico preventivo e também depois da radio e quimioterapia. Antes de iniciar o tratamento oncológico é importante que o paciente visite o dentista para fazer uma limpeza e, se necessário, remover dentes destruídos ou fazer restaurações provisórias.

Somente seu dentista poderá indicar qual o melhor tratamento para seu caso. Portanto, caso a pessoa já esteja sofrendo com esses efeitos indesejáveis da radio ou quimioterapia, é recomendável procurar imediatamente um dentista e iniciar o tratamento.

Para maiores informações deixe seu e-mail e mandaremos um e-book. 

2 Comentários
  1. Responder
    Linaena Mericy da Silva Fonseca

    Gostaria de receber o e=book

    • Responder
      Inova Implantes Atendimento

      Bom dia Linaena, tudo bom? Estamos muito felizes com seu contato! Estaremos enviando para vc o e-book sobre Tudo O Que Precisa Saber Sobre Tratamento Oncológico E A Saúde Bucal, e se deseja também agendar uma avaliação, para nós será uma satisfação poder sanar todas suas dúvidas… Nossos telefones de contato são: 64 3455-2744 | Whats 64 99272-6169. Esta avaliação é sem custos, aguardamos por você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *