Seja Bem-Vindo a Inova Implantes

Atendimento : Seg. a Sex. - 8h às 20h, Sáb. - 8h às 12h
  Contato : (64) 3455-2744 | Plantão 24h (64) 9272-6169

REFRIGERANTES FAZEM MAL PARA OS DENTES

Refrigerante, Faz Mal Para Os Dentes ?

O hábito de tomar refrigerante em excesso (com ou sem açúcar) pode ser muito prejudicial para a saúde dos dentes. Altamente ácido, os efeitos da bebida associados à falta de higienização podem influenciar e comprometer a saúde bucal. A ingestão da bebida gaseificada é motivo de muitas dúvidas, mas uma coisa é certa: dependendo da sua frequência de consumo, ela pode gerar até mesmo danos irreparáveis aos dentes.

Os refrigerantes, mesmo os diets, possuem pH médio 3 e contêm em sua composição o ácido cítrico e fosfórico, substâncias que podem comprometer a saúde bucal. A falta de limpeza correta associada ao alto nível acidez aceleram a erosão dental – a perda e desgaste do esmalte – devido à exposição constante às substâncias ácidas.

O esmalte do dente é a substância mais rígida do corpo humano, sua principal função é proteger a parte interna do dente, tornando-o menos suscetível à sensibilidade, cáries e manchas. Sua perda pode ser irreversível, se a situação não for diagnosticada e tratada, pode levar à perda dos dentes. A restauração exige muito do paciente e do profissional.

Mas não são apenas os refrigerantes que podem ter esse efeito sobre o esmalte do dente. Energéticos e bebidas cítricas possuem o mesmo efeito e potencial ácido dos refrigerantes. Já o consumo de refrigerantes por crianças deve ser evitado pelo maior tempo possível.

A higienização bucal é de extrema importância, mas não pode ser realizada logo após a ingestão dos alimentos ácidos. O ideal, após o consumo da bebida, é enxaguar a boca para diminuir o tempo de contato do esmalte dental com as substâncias ácidas. É necessário aguardar, no mínimo, 30 minutos para iniciar a higienização e evitar a perda da dentina – tecido abaixo do esmalte do dente – e a erosão ácida associada à ação mecânica da escovação.

A melhor forma de prevenir o problema é reduzir o consumo da bebida e optar por bebidas que sejam menos ácidas e contenham menos açúcar. Para neutralizar os efeitos já ocasionados, procure o seu dentista. Aplicações periódicas de flúor por profissionais, cremes dentais e soluções para bochecho com alta concentração dessa mesma substância são indicadas para evitar as consequências da falta de esmalte.

Substitua o refrigerante por bebidas diferentes, tenha na geladeira bebidas que contenham menos açúcar e ácido, como água, leite e suco de fruta 100% natural. Ingira essas bebidas e estimule seus filhos a fazer o mesmo.

Depois de consumir um refrigerante, faça um bochecho com água para remover vestígios da bebida que possam prolongar o tempo que o esmalte fica exposto aos ácidos.

O flúor reduz as cáries e fortalece o esmalte dental, portanto escove com um creme dental que contenha flúor. Fazer bochechos com uma solução com flúor também pode ajudar.

Seu dentista pode recomendar um enxaguante bucal que você pode comprar na farmácia ou supermercado ou prescrever um mais concentrado dependendo da gravidade do seu problema. Ele também pode prescrever um creme dental com maior concentração de flúor. Seu dentista pode aplicar flúor na forma de espuma, gel ou solução.

Os refrigerantes são implacáveis com seus dentes. Reduzindo a quantidade que você ingere, praticando uma boa higiene bucal e buscando ajuda com seu dentista, você pode neutralizar seus efeitos e usufruir de uma saúde bucal melhor.

Para maiores informações deixe seu e-mail e mandaremos um e-book. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *