Seja Bem-Vindo a Inova Implantes

Atendimento : Seg. a Sex. - 8h às 20h, Sáb. - 8h às 12h
  Contato : (64) 3455-2744 | Plantão 24h (64) 9272-6169

Dicas para combater o mau hálito

Mau Hálito? Confira 14 Dicas Para Se Livrar Dele.

O mau hálito pode ser causado por alguns hábitos ou até mesmo alguns tipos de alimentos, mascar chiclete e ingerir bastante água são atitudes que podem acabar com a halitose.

Mas na grande maioria dos casos o problema de mau hálito está associado a boca e não a problemas no estômago, como é comum se imaginar. E  algumas mudanças simples de hábito podem ajudar a solucionar este problema. A forma de se alimentar, os hábitos de higiene e até o tipo de produto usado na higienização bucal podem fazer toda a diferença. Confira agora 14 dicas que poderão ajudar a se livrar de vez do mau hálito.

  1. Fazer Gargarejos

Antes de dormir e ao acordar siga o ritual de limpeza bucal: passe o fio dental, escove os dentes, limpe a língua com um limpador adequado e, por fim, aplique o enxaguante (a base de dióxido de cloro) e faça gargarejo por dois minutos.

  1. Limpar a língua corretamente

Limpar a língua é muito importante, mas não toda vez que escovar. O recomendado é que após o almoço, a higienização bucal seja feita por meio da escovação dos dentes e uso de enxaguante bucal (sob recomendação do dentista).  Nas próximas escovações não repita a higienização da língua com o limpador de língua para aliviar as papilas linguais.

  1. Use Enxaguante

Enxaguantes à base de dióxido de cloro são efetivos no tratamento da halitose, pois seu princípio ativo reage com os compostos voláteis e os transformam em sais que não são voláteis.

  1. Masque chiclete

A boca seca ajuda a gerar o mau hálito, e mascar chiclete de preferencia sem açúcar,  ajuda a evitar que a boca fique seca, pois ao mascar o chiclete aumenta a  produção de saliva.

  1. Alimentos auto limpantes:

Inclua em seu cardápio alimentos detergentes (por exemplo:  maçã, pepino, cenoura e aipo crus ou com casca) ou seja aqueles que são duros e fibrosos, pois eles têm maior ação de limpeza, e ajuda  a remover o acúmulo de bactérias na superfície dos dentes. Mas lembre-se, estes alimentos não substituem uma boa higiene bucal.

  1. Mantenha a calma:

A ansiedade, geralmente, faz com que as pessoas passem a morder os lábios ou mesmo a bochecha e esse hábito descama a mucosa bucal fazendo com que células mortas se depositem na língua formando a saburra lingual, uma das principais causas do mau hálito.

  1. Respire corretamente:

Você costuma respirar pela boca?  Então é bom de começar a se policiar para não cometer esse hábito, pois ele também favorece a descamação da boca, além de ressecar toda a mucosa, diminuindo o fluxo salivar e gerando o tão temido mau hálito.

  1. Beba bastante água

Ingerir bastante água ajuda a manter a boca sempre úmida, o que além de evitar o ressecamento ajuda a facilitar a limpeza bucal.

  1. Inclua Frutas cítricas

As frutas cítricas como a laranja são ricas em ácido cítrico que estimula as glândulas salivares e refresca o hálito, impedindo a formação da saburra. Então inclua mais frutas como abacaxi, acerola, ameixa, jabuticaba, laranja, lima, limão, morango, pêssego, tamarindo, tangerina, e uva  ao seu cardápio.

  1. Alimente-se a cada 3 horas:

Se alimente com frequência, o  recomendado é se alimentar  pelo menos a cada três horas, isto porque com o estômago vazio o suco gástrico é sentido na boca, gerando mau hálito.

  1. Procure seu médico:

È bom também procurar seu médico para ter a certeza de que o mau hálito não está sendo causado por alguma doença sistêmica como amidalites, intestino preso, diabetes mal controlados, entre outras.

  1. Evite alimentos com cheiro forte ou muito gordurosos:

Evite se alimentar em excesso de  alimentos com odor forte ou muito ricos em gorduras e proteínas. Como por exemplo: alho, cebola, queijos amarelos e carnes muito temperadas. Pois eles podem influenciar no mau hálito.

  1. Cuidado com medicamentos:

Alguns tipos de medicamentos podem influenciar diretamente na salivação, se notar que o remédio ao qual está tomando tem diminuído o fluxo salivar, é importante conversar com seu médico e procurar saber se ele pode alterar seu medicamento, trocando por outro que não cause este inconveniente.

  1. Procure seu dentista:

Se nada disso surtiu efeito é necessário procurar o dentista para se verificar a  real causa do mau hálito e assim iniciar o tratamento mais indicado para seu caso.

Para maiores informações deixe seu e-mail e mandaremos um e-book. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *